Sacola

  • Sem produtos na sacola

8 dicas para aproveitar o lado bom da quarentena

Estamos prestes a completar em breve 90 dias de quarentena e ainda podemos nos sentir ansiosos, perdidos, sem saber bem qual direção tomar ou o que fazer com o excesso de tempo nas mãos (para alguns, parece que o tempo encurtou). O importante é fazer coisas que tem fazem bem, te acalmam ou que possam agregar algum conhecimento.
Certamente já leram vários posts com dicas sobre isso, aqui vão algumas que já conhecem e outras que podem agregar alguma diferença. Aproveite nossas dicas!

1. Não se cobre demais

 

Sabemos que muita coisa mudou, a forma de se relacionar e trabalhar, principalmente. Se está trabalhando em regime de “home office” faça o seu melhor, dentro de uma rotina estabelecida de trabalho, não se cobre tanto ou deixe o trabalho tomar conta de todo o seu dia, tudo tem hora e é importante ter um momento só seu ou de relaxamento. Isso serve para quando a vida voltar ao normal, se voltar a ser como era antes.

 

 

2. Ouça música

 

 

A música é um dos alimentos da alma, eleva o espírito, acalma e pode trazer alegria, paz e felicidade. Hoje sabemos que existem várias plataformas para se ouvir música, uma das mais conhecidas, o Spotify, é rica em conteúdos, podcasts, etc., inclusive é possível achar até as trilhas sonoras mais difíceis.
Capriche na seleção mas cuidado para não fazer os vizinhos ouvirem toda a sua playlist inúmeras vezes ao dia, o seu prazer pode virar um pesadelo com uma reclamação batendo na sua porta!

 

3. Assista filmes e séries

 

 

Obrigada mundo moderno e tecnologia que nos permite ver inúmeras séries e filmes do conforto de nosso sofá apenas com um click (se a internet não falhar)! 
Também existem diversas possibilidades  online para assistir a filmes, séries, documentários, aulas, palestras, etc. Hoje, dificilmente alguém vive sem a Netflix (para quem tem a possibilidade), GloboPlay, Youtube...Mas aqui vai uma dica: assista a filmes que te inspire, alegre ou te faça dar boas gargalhadas, fuja dos gêneros que possam te deixar triste nesse momento, se estiver muito sensível, deixe aquele dramalhão para outra hora. Às vezes um filme, dependendo do momento da sua vida, pode ter efeitos completamente diferentes, já aconteceu isso com você? Rever um filme depois de muito tempo pode trazer uma sensação completamente diferente, faça o teste! 
Com tantas possibilidade para assistir, também ficamos um tanto perdidas na hora de escolher um filme ou série. Aqui vai uma dica de um App que amo e pode colocar alguma ordem na hora de escolher um filme, chama-se IMDB, costumo chamar de  enciclopédia do cinema: lá encontramos todos lançamentos, eventos relacionados ao cinema, os top rated filmes, notícias sobre celebridades e muito mais. Se você procurar por um ator, o App vai te mostrar toda a sua vida profissional, todos os filmes (inclusive os que estão ainda em filmagem) prêmios, informações pessoais como cônjuge e até sua altura! E sempre atualizado. Então, quando estou muito em dúvida, clico em algum ator ou atriz que gosto e checo se tem algum filme que ainda não vi. Todos os filmes são classificados por notas, (você pode dar a sua) e possuem resenhas, ou seja, você pode ter uma ideia se aquele filme vale a pena ou se você vai perder seu tempo...super recomendo!

 

4. Dance

 

Sozinha, no chuveiro, com a avó, marido, cachorro ou gato. Apenas solte o corpo, se movimente ao som daquela música preferida! Você vai se sentir imediatamente melhor, com mais ânimo e viva! É comprovado que dançar:
- libera serotonina e endorfina (neurotransmissores que liberam prazer);
- Retarda o envelhecimento.
- Melhora a autoestima.
- Melhora a sensualidade, o ritmo, a flexibilidade, a agilidade e a coordenação motora.
Shall we dance?

 

Audrey Hepburn no filme Fanny Face, título em português, Cinderela em Paris, 1957

 

 5. Visite museus e galerias de arte

 

Aproveite o tempo livre para conhecer aquele museu ou galeria que sempre quis, obviamente ao vivo é outra história, mas se temos esse recurso online, por que não aproveitar? Mais uma vez: não sabe por onde começar? Já ouviu falar do Google Arts & Culture? Também considero uma enciclopédia de Artes, museus, galerias, curiosidades de artistas, obras, recitais de músicas, um mundo de conhecimento completamente interativo. E você pode explorar por artistas, períodos, curiosidades, muita informação à disposição em apenas um clique!

 

A eterna Primavera, Auguste Rodin, 1884–1884, Museum of Fine Arts Budapest

 

 7. Medite

 

Se você acredita no poder da meditação, mas nunca tentou, vale a pena experimentar. É um bom momento para isso, tire um tempo para você e comece aos poucos, com meditação guiada. É incrível o poder da mente e somente nós podemos controlá-la, portanto, é preciso se educar para isso, treinar a mente para pensamentos positivos e para as coisas boas. Energia boa atrai energia boa, gentileza gera gentileza e você é responsável pela sua própria felicidade. 

 

“A paz vem de dentro de você mesmo. Não a procure à sua volta”

                                                                                                BUDA

 

 

Algumas indicações para começar: Meditação guiada para ouvir antes de dormir: Yoga Mudra, Raissa Zocal (YouTube) e @meditacaohooponopono  e @parasermais .

 

8. Plante

 

 

Plantar é uma outra atividade que requer paciência, dedicação e persistência, afinal de contas é cuidar de um ser vivo. Pode te trazer benefícios, como ajudar a ter mais paciência e comprometimento, pois aquela semente depende de você para florescer. Cuidar das plantas pode ser calmante e inspirador, é gratificante ver aquela semente crescer a cada dia e se tornar uma linda flor ou algum alimento. Vale a pena tentar. 
 
Espero que alguma dessas dicas possa fazer tão bem a você como faz a mim. O importante é: faça o bem para si mesma de alguma forma e cuide-se!
 
Obrigada por ler esse post, deixe seus comentários ou perguntas, adorarei responder!
 

Related Articles

Um pensamento em " 8 dicas para aproveitar o lado bom da quarentena "

  1. avatar Fabiolla diz:

    Excelente artigo, inspirador!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *